Com articulação de Ciro Gomes, PDT começa a definir quem será seu candidato a governador do Ceará

O grupo governista começou nesta terça-feira (28/06) o processo de definição do candidato ao governo do Estado do Ceará que representará a aliança nas eleições de outubro. Mais do que isso: começam a ser tratados os cargos majoritários disponíveis para disputa nas urnas.

O pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes, recebeu os quatro pré-candidatos do partido ao governo: a governadora Izolda Cela, o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, e o deputado federal Mauro Filho.

Ao longo desta semana, apurou ainda esta coluna com exclusividade, dois outros importantes agentes políticos do grupo governista terão encontro com Ciro: o ex-vice-governador Domingos Filho, presidente estadual do PSD, e o deputado estadual Zezinho Albuquerque, líder do Progressistas no Ceará.

A convocação dos aliados já aconteceu. Como foram chamados também os presidentes de dois importantes partidos do grupo governista, subentende-se que tratarão também do cargo de vice-governador. Publicamente, o PSD pleiteia a vaga, mas o PP também tem um peso eleitoral a ser considerado.

Como na disputa pelo Senado há um acordo para a candidatura de Camilo Santana (PT), duas vagas de suplentes dele ainda são alvo da cobiça de aliados e podem entrar nas articulações para a decisão do cabeça de chapa.

Por Inácio Aguiar, Coluna Ponto do Poder/DN

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.