Papa Francisco nega rumores de que vai renunciar: ‘Deus vai dizer’

O papa Francisco negou rumores de que planeja renunciar em um futuro próximo, dizendo que está a caminho de visitar o Canadá este mês e espera poder ir a Moscou e Kiev o mais rápido possível depois disso.

O pontífice concedeu entrevista exclusiva à agência Reuters, no Vaticano, no último sábado (2) e o conteúdo foi divulgado nesta segunda-feira (4).

Rumores surgiram na mídia de que uma série de eventos no final de agosto, incluindo reuniões com cardeais do mundo para discutir uma nova constituição do Vaticano, uma cerimônia para empossar novos cardeais e uma visita à cidade italiana de L’Aquila, poderia prenunciar um anúncio de renúncia.

L’Aquila está associada ao Papa Celestino V, que renunciou ao papado em 1294. O Papa Bento XVI visitou a cidade quatro anos antes de renunciar em 2013, o primeiro papa a fazê-lo em cerca de 600 anos.

 “Todas essas coincidências fizeram alguns pensarem que a mesma ‘liturgia’ aconteceria. Mas nunca passou pela minha cabeça. Por enquanto não, por enquanto não. Realmente!”

Francisco, no entanto, repetiu sua posição muitas vezes declarada de que ele poderia renunciar algum dia se a saúde debilitada tornasse impossível dirigir a Igreja – algo que era quase impensável antes de Bento XVI.

Questionado sobre quando achava que isso poderia acontecer, ele disse: “Não sabemos. Deus dirá”.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.