TRE-CE cassa chapa do PSL sobralense por candidaturas “laranjas” de mulheres

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), na sessão desta quinta-feira (21/07), deu provimento, por unanimidade de 7×0, a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), por fraude à cota de gênero, exigida pela legislação eleitoral. A decisão cassou a chapa de vereadores(as) registrada pelo Partido Social Liberal (PSL) do município de Sobral/CE, nas Eleições 2020.

Ainda segundo o documento da Justiça eleitoral, o partido também teria tentado burlar a lei com apresentação de candidaturas laranjas. Já que as candidatas Maria Edgleuma de Sousa e Maria Eliene Ribeiro, não obtiveram nenhum voto e foi comprovada a ausência de qualquer propaganda eleitoral em seus nomes.

Na impugnação de mandato eletivo, afetou diretamente o vereador Cleiton Prado (PSL), da base do prefeito Ivo Gomes e único eleito pelo partido em Sobral, juntamente com os seus suplentes, impondo ainda, a sanção de inelegibilidade por 8 anos. Assume agora o mandato na Câmara de Sobral, o vereador Júnior Balrreira, do MDB.

Fonte: Blog do Célio Brito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.