Depois de dar ‘golpe’ em Dilma, Temer diz que ela é ‘Honestíssima’ 👀

 HONESTÍSSIMA’, este foi o adjetivo que o ex-presidente Michel Temer (MDB) usou para classificar a ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Segundo ele, o processo de impeachment foi decorrente de problemas políticos como a “dificuldade da petista de se relacionar com o Congresso Nacional e com a sociedade”.

Temer citou as pedaladas fiscais, mas classificou a problemática como “uma coisa extremamente técnica”. Em entrevista ao portal UOL, o ex-presidente manteve o posicionamento de que não houve golpe em 2016 e sim o “cumprimento da Constituição Federal”.

O emedebista também defendeu que a população teria sido responsável por tirar Dilma do cargo de presidente. “Quem derruba um presidente por impeachment não é o Congresso Nacional. É o povo na rua que influencia Congresso Nacional. Se não tiver povo na rua, não há a menor possibilidade de manifestação negativa no Congresso Nacional”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.