HRN reforça importância da doação de leite materno

O Hospital Regional Norte (HRN) reforça a importância da doação de leite materno, alimento fundamental para diminuir o tempo de internação e fortalecer o desenvolvimento de bebês prematuros internados nas unidades da rede estadual. A nutricionista e coordenadora do Banco de Leite do HRN, Renata Karen Oliveira, afirma que as doações podem ser feitas de forma permanente e auxiliam, também, mulheres com dificuldade para amamentar.

“Durante todo o ano, temos bebês prematuros que necessitam do leite materno. O estresse emocional das mães, a prematuridade das crianças e a internação dos filhos prejudicam a descida do leite”, explica.

Os bancos de leite humano dos hospitais são responsáveis pela promoção do aleitamento materno e execução das atividades de coleta, processamento e controle de qualidade do leite. Para atender a demanda dos pacientes, cada unidade da rede estadual precisa receber, em média, 40 litros de leite. As doações, contudo, nem sempre atingem esta marca.

O HRN, por exemplo, recebe cerca de 25 litros por mês. As doadoras podem buscar o banco de leite do hospital todos os dias para agendar a doação. A equipe recebe a mulher no hospital ou a visita em casa para realização de cadastro e orientação sobre higienização das mamas e conservação do leite até a doação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.