Conta de luz residencial deve aumentar em média 14,5%

O reajuste médio nas contas de luz residenciais deve ficar em 14,5% em 2021, segundo projeção da TR Soluções, empresa de tecnologia aplicada ao setor elétrico, por meio do Serviço para Estimativa de Tarifas de Energia (Sete). O estudo se baseou em dados das 53 distribuidoras do País, além das sete permissionárias.

Com a queda inesperada do consumo, as distribuidoras tiveram perda de receita na ordem de R$ 15,3 bilhões. Elas deixaram de entregar toda a energia contratada aos consumidores e, consequentemente, de receberam pelo serviço.De qualquer forma, as distribuidoras precisam pagar para as companhias geradoras os valores de contrato. No final das contas, os consumidores vão arcar com os prejuízos, evitando que as empresas entrem em falência.

Fonte: O Liberal-PA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.