PDT pede interdição de Bolsonaro por falta de “capacidade mental” para seguir como presidente .

O PDT protocolou nesta segunda (08/03) junto à Procuradoria-Geral da República, um pedido de interdição do presidente Jair Bolsonaro. O partido alega que, durante a pandemia da covid-19, o chefe do Executivo age “na contramão dos atos que uma pessoa em plena saúde mental agiria” e que, portanto, não teria capacidade mental para continuar no cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.