Fala de Bolsonaro chamando de ‘idiotas’ os que mantém isolamento social em meio a pandemia continua repercutindo

Mesmo com a ação da Policia Federal com buscas contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o depoimento do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, na CPI da Covid, ainda repercute negativamente a fala do presidente Jair Bolsonaro chamando de “idiotas”, as pessoas que cumprem o isolamento social, medida recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por autoridades sanitárias do mundo todo como forma de conter a disseminação do coronavírus.

A apoiadores reunidos na área externa do Palácio da Alvorada, nesta segunda-feira (17/5), o presidente aproveitou para elogiar produtores rurais por não terem parado durante a pandemia.

“O agro realmente não parou. Tem uns idiotas aí… O ‘fique em casa’. Tem alguns idiotas que até hoje ficam em casa. Se o campo tivesse ficado em casa, esse cara tinha morrido de fome, esse idiota tinha morrido de fome. E daí ficam reclamando de tudo. Agora, quem tem salário fixo ou tem uma gorda aposentadoria, aí pode ficar em casa a vida toda, sem problema nenhum”, afirmou.

O presidente da República é crítico de medidas restritivas e também se nega a seguir protocolos recomendados pelas autoridades sanitárias, como o uso de máscaras e o distanciamento social. O mandatário costuma defender medicamentos sem eficácia comprovada no tratamento da Covid.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *