Variante Delta é tão contagiosa quanto catapora, segundo documento interno do CDC, dos Estados Unidos

A variante Delta é muito mais contagiosa e com mais probabilidade de vencer as proteções propiciadas pelas vacinas e ser mais grave do que outras cepas do vírus, segundo um informe interno que circulou dentro dos Centros de Prevenção e Controle de Doenças (CDC), dos Estados Unidos.

Pessoas vacinadas infectadas com a variante Delta podem transportar a mesma quantidade de vírus no nariz e garganta que as não vacinadas e disseminá-lo rapidamente, embora com menos frequência.

Mas, no documento, a agência expõe uma perspectiva mais ampla e ameaçadora dessa variante.

A cepa Delta é mais transmissível do que o vírus causador da Mers, Sars, Ebola, ou um resfriado comum, gripe sazonal e a varíola, e é tão contagiosa quanto a catapora, segundo documento cuja cópia foi obtida pelo The New York Times.

A medida mais imediata a ser tomada pela agência é “reconhecer que a guerra mudou”, diz o documento. Seu conteúdo foi relatado pela primeira vez pelo Washington Post na noite de quinta-feira (29).

As novas diretrizes da agência americana, requerendo que pessoas vacinadas usem máscaras, foram baseadas nas informações que constam do documento. O CDC recomenda aos vacinados o uso de máscaras em ambientes internos em locais públicos em comunidades com alta transmissão do vírus.

Mas o documento dá a entender que essa recomendação talvez não seja suficiente. “Devido à maior transmissibilidade e o número atual de vacinados, o uso universal da máscara é fundamental”, diz o informe.

Os dados da agência sugerem que as pessoas com sistema imunológico frágil devem usar máscara mesmo em lugares onde a transmissão do vírus não é alta. E também os americanos vacinados que têm contato com crianças pequenas, idosos ou outras pessoas vulneráveis.

O documento do CDC se baseia em dados de diversos estudos, incluindo uma análise de um recente surto em Provincetown, Massachusetts, que começou depois das festas do Dia da Independência (4 de julho) na cidade. Na quinta-feira, esse cluster aumentou para 882 casos. Cerca de 74% das pessoas já foram vacinadas, de acordo com autoridades de saúde dos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *