Ciro afirma que ao pedir impeachment de dois ministros do STF Bolsonaro vai criar a maior crise institucional do Brasil

O pré-candidato a presidente da República, Ciro Gomes, afirma que o presidente Jair Bolsonaro quer instalar uma crise institucional sem precedentes ao pedir impeachment de dois ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

O pronunciamento de Ciro foi feito no último final de semana, logo após Bolsonaro anunciar que pedirá o impedimento de Luís Roberto Barroso e de Alexandre de Moraes, ambos do STF. Barroso acumula ainda a presidência do Superior Tribunal Eleitoral (TSE), posto onde será sucedido justamente por Moraes.

 “Não é por acaso que essa crise esteja acontecendo sendo gerada por um presidente que é alvo de cinco inquéritos no STF, outro no TSE e contra quem tem  dormido na gaveta do presidente da Câmara mais de 100 pedidos de impeachment”, afirma Ciro, em sua conta no Twitter.

Ciro diz ainda que as ações do presidente ocorrem porque ele não tem apoio suficiente das Forças Armadas para aplicar um golpe de estado e que seus devaneios são contidos por lideranças do Congresso Nacional. O presidenciável afirma ainda que Bolsonaro “finge ser democrata enquanto ensaia entrar por um caminho rumo a uma ditadura”.

“Bolsonaro quer gerar a maior crise institucional desses tempos ao anunciar que vai pedir o impeachment de dois ministros do STF. Logo ele, o presidente com mais crimes de responsabilidade da história”, concluiu Ciro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *