Estudante do IFCE em Sobral detecta 46 asteroides em projeto da Nasa

A estudante do curso de Licenciatura em Física do campus de Sobral do Instituto Federal do Ceará (IFCE), Geovana Sousa Ramos, de 21 anos, tem se destacado no programa Caça Asteroides, projeto do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), em parceria com a Agência Espacial Norte-americana, a Nasa. Em pouco tempo, a jovem detectou 46 asteroides que ainda não haviam sido identificados pela Nasa, recebendo certificado internacional assinado pelo ministro do MCTI, o astronauta Marcos Pontes.

O objetivo do programa Caça Asteroides é popularizar a ciência entre cidadãos voluntários, com participação aberta a escolas, instituições, clubes de ciências e astrônomos amadores. Quem faz parte do programa é chamado de cientista cidadão e, após treinamento online, torna-se capaz de fazer descobertas astronômicas originais, aprendendo astronomia na prática.

Os participantes recebem pacotes de imagens captadas pelo Telescópio da Universidade do Hawaii, nos Estados Unidos. Utilizando o software Astrometrica, os cientistas cidadãos conseguem detectar preliminarmente os asteroides, enviando relatórios para a Nasa. A confirmação vem após um longo processo de avaliação, que pode durar de seis a oito anos. Se confirmado, a pessoa que fez a descoberta pode nomear os asteroides como desejar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.