PT Ceará confirma Camilo como candidato ao Senado e manutenção da aliança com PDT

O Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores no Ceará aprovou no sábado (29/01), resolução que indica o governador Camilo Santana como candidato do partido a senador. Na reunião, foi aprovada ainda emenda que reforça a tese de manutenção da aliança entre PT e PDT no Estado para a eleição deste ano.

“Para disputar a vaga de senador pelo Ceará, nas eleições de 2022, o PT indica o nome do atual governador Camilo Santana, na certeza de que estar ofertando à aliança e ao povo cearense, um homem público devotado ao Ceará e ao Brasil, que muito realiza como governador, e, no Senado, continuará trabalhando em defesa dos interesses do nosso estado e da nossa gente cearense, com Lula presidente para reconstruir e transformar o Brasil”, diz trecho da resolução.

“Nós fechamos quatro diretrizes: fazer a campanha do Lula no Ceará, manter a aliança entre PT e PDT, lançar Camilo senador e ampliar nossas bancadas de deputados estaduais e federais. É o reconhecimento do PT ao governo do Camilo e a definição da nossa centralidade para a eleição deste ano”, diz o deputado José Guimarães (PT).

Apoiada por cerca de 70% dos integrantes do Diretório Estadual, a tese de manutenção da aliança entre PT e PDT é questionada hoje sobretudo pelos deputados federais Luizianne Lins e Zé Airton Cirilo, que defendem que o partido lance candidatura própria ao Governo do Ceará. Para eles, uma candidatura petista seria necessária para defender a campanha do ex-presidente Lula (PT) no Estado, uma vez que o PDT lançará Ciro Gomes para a vaga.

Fonte: O Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.