Presidente da Câmara de Forquilha sofre ataque homofóbico durante Sessão

A sessão da Câmara Municipal de Forquilha foi marcada pela intolerância e desrespeito na noite desta quarta-feira (23/03), e o alvo foi o presidente da Casa, vereador Eliezer Siqueira (PSD).

Durante discussão do projeto de Lei que institui o novo piso salarial do professor no município, o presidente Eliezer, após falar que o vereador Sebastião Neto estava queimado perante a população por sua postura, foi atacado pelo vereador Sebastião Martins da Frota Neto (PSB), disse que quem “queima” é o presidente.

Em resposta, o chefe do Poder Legislativo exigiu respeito: “guarde as suas palavras, você disse palavra de cunho homofóbico, eu lhe peço respeito, você que tem que tomar vergonha na cara e deixar essa carinha de santo que você tem”, respondeu o presidente.

Ainda durante o clima tenso da sessão, o pai do vereador Frota Neto, Sebastião Martins Frota Filho agrediu o radialista Ivanzinho, da Rádio Forquilha FM, que filmava o momento de tensão. O radialista foi empurrado grosseiramente e caiu.

Fonte: Blog Sobral de Prima

Um comentário em “Presidente da Câmara de Forquilha sofre ataque homofóbico durante Sessão”

  1. Frota Neto, e um idiota um vereador de oposição procurando algo ,pra interferir na situação de forma ignorânte omofobica, usando muitas vezes a própria população sem conhecimento dos verdadeiros fatos políticos do nosso município pra mim Frota Neto e um beocio enforcado por uma gravata sem nenhuma respeito ao seu próximo até mesmo até a sua própria formação acadêmica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.