Vereadores conhecem detalhes do projeto de lei que reajusta o salário dos servidores municipais de Sobral

Atendendo ao pedido de um grupo de vereadores, o chefe do gabinete da Prefeitura de Sobral, David Duarte, recebeu, nesta quarta-feira (23/03), o presidente da Câmara Municipal, Paulão Albuquerque, e os vereadores Roque Hudson, Rogério Arruda, Alessandra Ponte e Camilo Motos, para apresentação dos principais pontos do projeto de lei que trata do aumento do salário dos servidores púbicos municipais para o ano de 2022, encaminhado pelo prefeito Ivo Gomes à Câmara. O secretário do Planejamento e Gestão, Ramom Carvalho, também participou do encontro.

Apesar de um cenário econômico cheio de incertezas, o projeto prevê um reajuste geral de 10,06% para os servidores, o que representa a reposição da inflação calculada pelo Banco Central para o ano de 2021. O projeto também prevê reajustes diferenciados para servidores da Saúde e Educação. Pela proposta, médicos e enfermeiros terão os salários reajustados em 26,71% e 45,83%, respectivamente. Já os professores receberão piso salarial de R$ 4,087,12, superando o piso nacional.

David Duarte lembrou que médicos e enfermeiros realizaram um trabalho muito importante na linha de frente do enfrentamento à pandemia da Covid-19. “Historicamente, essas categorias estavam com parâmetros salariais regionais defasados, e a proposta do prefeito Ivo Gomes vem atenuar esse problema”, justificou o chefe do gabinete.

David Duarte destacou ainda o compromisso da gestão com a educação. “Sobral tem um Plano de Carreira e Remuneração (PCR) com progressão horizontal por desempenho e vertical como incentivo para a qualificação dos professores. Um professor com mestrado na última referência e jornada de 40 horas poderá receber salário superior a R$ 7.600”, pontuou.

O projeto, que já foi protocolado na Câmara, entrará na pauta de votação na próxima semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.