Faculdade de Medicina da UFC – Sobral tem histórico de formar irmãos

Desde o ingresso da sua primeira turma, em abril de 2001, um acontecimento acompanha a história da escola médica sobralense e que não está descrito em seus relatórios de acompanhamento ou desempenho acadêmico, mas que merece uma observação especial e torna-se curioso pela sua perenidade durante duas décadas. Trata-se de irmãos formados pelo curso ao longo de 15 anos, seja nas mesmas turmas ou em turmas diferentes, bem como aqueles que ainda estão em formação.

A categoria de pais que comemoram mais de um filho ingressando no Curso de Medicina de Sobral da UFC parece ser longeva. Ao completar 20 anos, em 2021, o seu quadro discente ainda conta com estudantes que tiveram em casa a inspiração para seguir a carreira médica. É o caso da aluna Ana Carolina Rossi, atualmente cursando o quinto semestre na 29ª turma, irmã da egressa Juliana Rossi da 15ª turma, graduada em 18 de dezembro de 2017.

A caçula conta como se deu essa influência, já que torcia o nariz à ideia.  “Eu tinha 11 anos quando minha irmã foi aprovada na Famed UFC Sobral. Em meio ao orgulho da família, surgiram os comentários: – E a caçula, vai seguir o mesmo caminho? Eu, por rebeldia, dizia que não, e que faria qualquer curso exceto Medicina. Contudo, com o passar dos anos, eu assisti minha irmã não apenas se formar como profissional, mas se desenvolver como pessoa, e minha admiração pela sua trajetória crescia exponencialmente: o orgulho se tornara também inspiração”, relembra.

Ela destaca, ainda, porque se decidiu de forma definitiva a seguir os passos da irmã e a escolha por Sobral. “As histórias que ouvi das suas vivências na medicina despertaram meu desejo de ser médica e poder, um dia, me tornar um pouco da profissional que minha irmã se tornou. Quando chegou no meu período de vestibular, minha escolha pelo curso parecia óbvia, mas foi quando surgiram dúvidas entre Famed Sobral ou Famed Fortaleza. Minha decisão foi concretizada pelas palavras da Juliana: “- Nossa Famed é uma família”. Hoje sei como ela estava mais do que certa”, conclui Ana Carolina Rossi, que ao lado da irmã é motivo de orgulho e admiração para os pais Nelson Rossi e Jocelaine Regina Duarte Rossi.

Fonte: Blog Encontro com a Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.