Ministério da Saúde torna Coronavac exclusiva para crianças e adolescentes 💉

O ministro da saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que o uso da vacina Coronavac deve se tornar exclusivo de crianças e adolescentes, entre 5 e 18 anos. A alteração ocorre, segundo o Governo Federal, em decorrência do fim da Emergência Sanitária no país.

Uma resolução de 2021, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)  previa que, com o fim do estado de alerta, o uso emergencial de vacinas como a Coronavac, seria suspenso. Entretanto, um pedido foi feito para que a agência reguladora permitisse, por mais um ano, a aplicação da vacina no público jovem.

“Ainda não conseguiu se colecionar evidências científicas suficientes para que esse imunizante tivesse um registro definitivo. Para um esquema vacinal primário em adultos, esse imunizante, isso é consenso em países que têm agências regulatórias do porte da Anvisa, não é usado para o esquema vacinal primário. Ele pode ser usado para esquema vacinal primário no Brasil para a faixa etária compreendida entre 5 e 18 anos”, explicou o ministro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.