Ciro amplia diálogo com União Brasil e diz que aproximação com Doria é “quase improvável”

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) admitiu ter ampliado, nas últimas semanas, o diálogo com Luciano Bivar. Ciro jantou com o presidente do União Brasil e o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, onde debateram a conjuntura política do País e uma possível aproximação com a “terceira via”.

Ciro também afirmou no sábado (30/04) que uma possível aproximação com Doria é “quase improvável” devido a divergência de ideias, mas chegará o momento que é preciso dialogar.

“É uma distância muito grande entre o que eu penso e o Doria pensa, por exemplo. É quase improvável, mas a gente tem que dialogar. Mas é muito improvável, são coisas práticas. Eu sou contra a política de preços da Petrobras, que ‘tá’ impondo a tragédia na economia brasileira. Ele é a favor. Eu sou contra a privatização da Eletrobras. Se ele não tiver mudado de opinião, ele é a favor”, disse o pré-candidato. Para o presidenciável esse distanciamento de ideias dificulta o entendimento, mas vai chegar o momento do diálogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.