6 em cada 10 famílias do Nordeste deixam de comer para pagar energia

Ccerca de 45% dos nordestinos comprometem pelo menos metade do orçamento familiar com a conta de luz. O dado é da pesquisa de Justiça Energética realizada pelo Instituto Pólis, em parceria com o Inteligência em Pesquisa e Consultoria Estratégica (Ipec). Quando é considerado o número de famílias na Região, o levantamento aponta que 62% delas precisam deixar de comprar alimentos básicos para conseguir pagar a energia.

O encargo com energia elétrica foi o item mais apontado pelos entrevistados do Nordeste como comprometedor do orçamento, ao lado da alimentação. O impacto da conta de luz supera os gastos com moradia, saúde, água, transporte público e lazer, segundo a pesquisa.

O peso da conta de luz só é sentido com mais intensidade na região Norte, onde a cada três pessoas, duas tem a conta de luz como maior comprometedora do orçamento doméstico. Dos nortistas entrevistados na pesquisa, 53% dedica metade ou mais da metade do orçamento com gastos de energia.

Um comentário em “6 em cada 10 famílias do Nordeste deixam de comer para pagar energia”

  1. Adivinha onde fica a maior carga tributária no Brasil. Simplesmente, onde o cidadão não tem como escapar. Não tem como viver sem energia nos dias de hoje, então é lá que o governo do amor cobra mais caro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *