Santa Casa recebe proposta para beneficiar pacientes de Itarema e Acaraú

Ao propor à direção da Santa Casa de Misericórdia de Sobral uma parceria que privilegie o atendimento a pacientes/eleitores oriundos de Itarema e Acaraú, sua base eleitoral, o deputado Robério Monteiro atraiu não só a ira do prefeito de Sobral, Ivo Gomes, como poderá levar o Ministério Público Federal a incluí-lo no rol das investigações que vem sendo realizadas para apurar denuncias de corrupção na Santa Casa feitas pelo prefeito de Sobral.

Tão logo tomou conhecimento da iniciativa de Monteiro, Ivo Gomes foi às redes sociais e questionou:” Como assim receber $$ pra favorecer os pacientes de outros municípios? Lá se vou eu pra justiça de novo. A maracutaia na “santa” casa não tem fim!

Como prontamente entendeu Ivo, fica implícito na proposta que a contra partida oferecida pelo parlamentar seria a destinação de recursos oriundos de emendas parlamentares, um escandaloso artificio inventado por políticos mal intencionados que usam o caixa da União para fazer traquinagens com dinheiro público.

Se o que o parlamentar está propondo for atendido, tanto ele quanto os dirigentes da Santa Casa estarão cometendo um crime, pois o desejo de Robério pode ser entendido como uma tentativa de “comprar privilégios” num serviço que constitucionalmente é prestado de forma universal e gratuita a todos os brasileiros, sem distinção de classe, cor, religião, local de nascimento ou cobrança de titulo de eleitor.

O movimento de Robério não foi impensado, já que no comunicado que fez das tratativas, em suas redes sociais, ele diz ter sido acompanhado pela secretária de Saúde de Acaraú, uma enfermeira, portanto profissional da área, com passagem por várias administrações municipais, que deveria saber da ilegalidade proposta.

Numa outra leitura pode-se imaginar que a iniciativa do parlamentar de Itarema tenha a ver com sua determinação de minar o papel prestado em Acaraú e região pelo também filantrópico Hospital Moura Ferreira e ganhar tempo, enquanto não viabiliza a principal proposta de campanha da mulher, Ana Flávia, de implantar na cidade um Hospital Regional com capacidade para realizar cirurgias de alta complexidade, só feitas em Sobral, na Santa Casa e no Hospital Regional.

Fonte: Blog do J. Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.