O crescimento da audiência de Ciro após a parceria com João Santana 

Além de um fato político de inegável peso, a contratação do jornalista e publicitário João Santana para tocar o marketing político do presidenciável do PDT, Ciro Gomes, já dá resultados palpáveis ao ex-ministro. Guru das campanhas vitoriosas de Lula (2006) e Dilma Rousseff (2010 e 2014) à Presidência, o marqueteiro e sua estratégia de comunicação contribuíram para aumentar em 66% a média de visualizações dos vídeos no perfil de Ciro no Twitter desde que fechou seu acordo com o PDT, em 22 de abril, conforme levantamento da revista Veja.

Antes de Santana ser contratado, os últimos onze vídeos produzidos pela equipe de Ciro Gomes, publicados na rede social em um intervalo de quinze dias, haviam atingido em média 59.000 visualizações. Sob o publicitário, a frequência dos vídeos segue praticamente a mesma (foram noventa em 123 dias), mas a audiência média explodiu: 98.000 visualizações. Até esta sexta-feira, 27, as peças produzidas. Até esta sexta-feira, 27, as peças produzidas com a famosa e consagrada estética “santaniana” haviam alcançado 8,8 milhões de visualizações no Twitter.

Em uma estratégia definida entre Ciro, Santana e cabeças do PDT, como o presidente da sigla, Carlos Lupi, o presidenciável tem alternado críticas aos dois principais candidatos ao Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro e Lula – desde a volta do petista ao tabuleiro de 2022 e o afunilamento à esquerda, o ex-ministro tem feito um movimento ao centro.

Seus maiores hits até o momento são os vídeos curtos em que ele chama Bolsonaro de “traidor” (1,1 milhão de visualizações) — veja o vídeo abaixo –, defende a separação entre Igreja e Estado e fala em “superação” e “solidariedade” como aspectos da “mensagem cristã” (557.500 visualizações), diz “uma verdade sobre Lula” e os privilégios aos mais ricos em seus governos (517.600 visualizações) e, no mesmo tema, em defesa da taxação de grandes fortunas, afirma que “a máscara de Lula caiu” (426.400 visualizações).

Fonte: Veja.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *