Nota de recuo de Bolsonaro foi ideia de Temer e texto foi escrito por marqueteiro sob sua orientação

A nota oficial que Jair Bolsonaro divulgou recuando de forma radical das bravatas que tem proferido nas últimas semanas contra o Supremo, especialmente o discurso do dia da Independência, foi escrita pelo marqueteiro Elsinho Mouco sob a supervisão e orientação de Michel Temer.

A ideia da nota surgiu ontem à noite quando Temer e Bolsonaro conversaram pelo telefone. Em seguida, Mouco, que atuou como marqueteiro de Temer, redigiu o texto, sob a supervisão e orientação do ex-presidente, autor da ideia da nota.

Hoje, de manhã, às 7h30, um avião da FAB levou os dois a Brasília para se encontrar com Bolsonaro. O texto foi apresentado ao presidente e aprovado.

A propósito, foi Elsinho quem, no dia 18 de maio de 2017, no dia seguinte à divulgação da explosiva delação de Joesley Batista escreveu o discurso em que Temer disse: “Não renunciarei”

Por Lauro Jardim, n’O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *