Proximidade de Moro com senador que promove negacionismo entra na mira de adversários

A proximidade de Sergio Moro com o senador Eduardo Girão, ambos do Podemos, vem sendo explorada por adversários. Na segunda-feira (14/02), o parlamentar comandou audiência no Senado com médicos propagadores de desinformação sobre vacinas e Covid-19.

“Ao se aliar com quem nega a eficácia das vacinas, Moro só dá mais uma demonstração de que não é diferente de Jair Bolsonaro”, diz o senador Cid Gomes (PDT-CE), irmão do também presidenciável Ciro Gomes.

Durante sua visita ao Ceará, no começo do mês, Moro posou para fotos com Girão, que foi um dos principais membros da linha de defesa do governo Jair Bolsonaro na CPI da Covid.

Na audiência organizada por Girão, o médico Augusto Nasser, por exemplo, relacionou imunizantes contra a Covid e câncer.

“Estamos diante de uma terapia genética; isso não é vacina. O [Renato] Kfouri [infectologista] fala aqui para todos nós dentro daquela narrativa da vacina, tudo ele joga para a vacina, tudo é controlado na vacina, mas não é assim que funciona. Isso aqui é terapia genética, e dessa parte eu entendo. Você não vai falar de vacina, porque vacina tem uma outra legislação. A terapia genética tem um outro objetivo. Ela te causa câncer, ela te causa problemas imunológicos, ela causa danos no teu DNA”, disse Nasser na audiência, como mostrou reportagem do Congresso em Foco.

Ao longo da pandemia, Girão tem sido um defensor de remédios sem eficácia contra a Covid-19, como a hidroxicloroquina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.